24 de maio de 2014

Como forma de retribuir o carinho, Cristiano Araújo afirma guardar presentes recebidos por Fãs


































































Em entrevista ao jornal A Redação, o jovem cantor, Cristiano Araújo, hoje com 28 anos, falou das dificuldades que enfrentou ao iniciar trabalho solo e das conquistas que reuniu ao longo da carreira.

Para as fãs enlouquecidas que têm dúvida sobre o estado civil do sertanejo, ele garante que está "solteiríssimo".

Cristiano, que começou a dar os primeiros passos na música aos 6 anos de idade, chega a fazer até 25 shows por mês.

Cristiano se mantém há meses no topo da lista dos artistas mais tocadas nas rádios do Brasil. Uma legião de fãs o acompanham em shows, apresentações em emissoras de TV e em tantos outros eventos, faça chuva ou sol.

Como forma de retribuir o carinho, o cantor afirma guardar vários presentes recebidos ao longo dos anos. E mostra a foto:


Confira a entrevista na íntegra:

A Redação - Além da música nova 'Cê Que Sabe', o público poderá contar com mais novidades no show da pecuária?
Sem dúvidas! Eu gosto de surpreender e, para fazer um show inesquecível pro meu povo daqui, nós preparamos um show único com um repertório diferente. Dobramos o número de efeitos que costumamos usar. Será um grande show, tenho certeza!

Em 2012 você levou cerca de 70 mil pessoas ao Parque Agropecuário de Goiânia. Esse número deve ser superado nesta sexta-feira?
Não tenho a pretensão de conseguir ser recorde de público como foi em 2012, mas a minha expectativa é fazer um show bonito mais uma vez. Quero que essa apresentação fique marcada para sempre na memória dos meus fãs goianos. Eu tenho certeza que meu público não vai me decepcionar. Não vão me deixar lá sozinho (risos). Aguardo todos os goianos para se divertirem muito comigo nesta sexta.

Como é se apresentar na capital goiana? É mesmo diferente?
Tocar em Goiânia tem sempre um gostinho mais do que especial. Estar em casa me deixa completamente à vontade, ainda mais por ser na Pecuária. Para mim, tocar lá é o ápice da carreira de um artista sertanejo. Estar lá mais uma vez me traz muita alegria, pois, quando eu era criança, sempre sonhava com o dia que iria tocar naquele palco. Pela segunda vez terei a chance de realizar esse sonho.

Você iniciou sua carreira com uma dupla e acabou não dando certo. De onde e quando surgiu a ideia de tentar sozinho?
Na verdade eu já tive três formações de dupla e acabei chegando à conclusão que sozinho seria mais fácil de trabalhar. Mas eu tive muito medo no início. Confesso! Tinha medo de não dar conta, mas graças a Deus me adaptei.
Depois de você, do Luan Santana e Gusttavo Lima, vários outros sertanejos deixaram as duplas e iniciaram carreira solo. Como você vê esse mercado? Tem ganhado espaço no Brasil?
Há um tempo atrás, era muito difícil cantar sozinho no sertanejo. Alguns artistas tentaram e não conseguiram. O Sergio Reis foi um exemplo que deu muito certo e mostrou que isso era possível, mas eu acredito que depois que o Daniel perdeu o companheiro de dupla, e da mesma forma o Leonardo, esse mercado se tornou uma realidade. Claro que continua sendo uma tradição as duplas sertanejas, mas alguns artistas solos que se sobressaíram no sertanejo mostraram que não é preciso ser dupla para chegar ao sucesso.

Você sempre cantou sertanejo? Nunca pensou em seguir para outros gêneros?
Sempre cantei sertanejo, venho de uma família apaixonada pela música e sou a terceira geração de cantores sertanejos. Nascido e criado no Goiás, sabe como é, não tinha como fugir das minhas raízes sertanejas. Claro que admiro e gosto de outros estilos, sou muito eclético quanto ao que escuto, mas o sertanejo está encravado na minha vida e na minha música.

Como está a agenda de shows? Você faz, em média, quantos shows por mês?
Graças a Deus temos trabalhando muito! Estamos com uma média de 20 e 25 shows por mês.

Qual é seu recorde de público? Onde e quando foi?
Foi na pecuária de Goiânia em 2012, com 70 mil pessoas. Esse show foi recorde de público daquele ano, o que me marcou pra vida toda, afinal meu sonho sempre foi cantar naquele palco. Chegar até lá e ainda por cima com um público desse foi uma das maiores felicidades da minha vida.

Como é o assédio das fãs? Você tem algo de inusitado que possa contar? Qual foi a maior loucura que uma fã sua já fez?
As fãs são algo muito especial para mim. O carinho constante delas comigo, até onde elas levam meu nome e meu trabalho, tudo isso me leva a ter uma gratidão enorme com elas. Uma coisa inusitada que aconteceu recentemente em um show em Itatiba, Minas Gerais, foi uma menina vestida de noiva, com direito a véu, grinalda e buquê de flores, que me pediu em casamento durante o show e depois foi até o camarim fazer o pedido pessoalmente.

Casado, solteiro ou enrolado?
Solteiríssimo.

INSTAGRAM: Cristiano Araújo agradece aos Fãs Goianos após show

Principal atração da 69° Exposição Agropecuária de Goiás (EXPOAGO), Cristiano Araújo subiu na noite de ontem no palco principal do evento. Recorde de público na exposição em 2012, quando mais de 70 mil pessoas prestigiaram a apresentação do sertanejo, o cantor realizou um show repleto de novidades e efeitos especiais. Cristiano acaba de lançar a nova música de trabalho, Cê que Sabe, que já está na boca da galera.

Foram anos de trabalho até a explosão da música Efeitos, que levou o nome do cantor goiano para o resto do Brasil e para várias partes do mundo. Cristiano se mantém há meses no topo da lista dos artistas mais tocadas nas rádios do Brasil, com uma legião de fãs o acompanham em shows.

E hoje o cantor utilizou sua conta no Instagram para agradecer aos seus Fãs Goianos:


AGRADECER sempre a vcs por tudo ! Obrigado por toda emoção que vcs me proporcionam ! Amo de coração minha cidade linda. Goiânia ! #inesquecível #pecuariagyn2014 #mausbocados #cequesabe